fundo parallax

Cachoeiras – BA – Cachoeira da Fumaça (Palmeiras)

Cachoeira Boa Vista - Palmeiras - BA



Há duas formas de visitar a Cachoeira da Fumaça, por cima e por baixo. A mais tradicional é feita por cima, pois é mais rápida, já que a parte de baixo leva três dias de caminhada. Fizemos a parte de cima e só podemos dizer que é uma das cachoeiras mais impressionantes que já vimos! É a segunda maior do Brasil, com 380 metros de altura e faltam palavras para descrever a sensação que é deitar à beira do precipício e admirar a incrível queda se tornar em fumaça antes mesmo de tocar o chão. O vento bate forte e dá um frio na barriga estar ali, tão pertinho do abismo, mas vale a pena controlar o medo, a vista é linda. Lá em baixo, podemos observar o poço e a água que escorre pelas rochas.

História

A Cachoeira da Fumaça possui este nome pois normalmente sua queda (de tão alta), não chega ao poço, tornado-se uma "fumaça" de vapor e subindo novamente com a força dos fortes ventos.


Como Chegar

Saindo do centro do Vale do Capão em direção à Palmeiras pelo lado direito da rua, há uma placa da ACVC (Associação de Condutores do Vale do Capão) entrar nessa rua e a poucos metros estacionar o carro e seguir em frente até o centro de entrada da trilha. É necessário assinar o nome e horário da visita, pois a entrada além de ser controlada e limitada a 125 pessoas, também é monitorada a saída. A partir do centro, é só seguir a trilha, que já se inicia com uma subida íngreme de 2km, depois de passar por ela, são mais 4km, mas o caminho é plano e tranquilo. Em determinado momento é necessário atravessar um rio, a água bate até o joelho. Depois dele, a cachoeira está bem próxima. É só se manter na trilha e saber que leva no máximo 2horas para chegar até a Fumaça, se passar muito mais que isso, é necessário voltar, pois provavelmente no caminho errado.


Demais Informações

- Entrada Gratuita. - Não é necessário guia.


1 Comentário

  1. topografica disse:

    Você tem mais informações sobre este local? Compartilhe com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *