fundo parallax

Turismo de Aventura em Gramado, Canela e Três Coroas

Turismo de Aventura em Gramado, Canela e Três Coroas


A nossa Europa

Nos dias atuais, os jardins de hortênsias, rodeados por lagos, as tradições e a beleza arquitetônica dos dois povos continuam lá, mas a região despertou para o turismo ecológico e o turismo de aventura, além de mostrar seus costumes de forma direta pelas vivências propiciadas pelo turismo rural. Para complementar esta nova fase da região, os roteiros esticaram até a vizinha Três Coroas, um símbolo nacional dos esportes de aventura.

E há opções para todos os gostos: rafting nas corredeiras do rio Paranhana (Canela e Três Coroas); cascading na Floresta Encantada do Caracol ou no Parque da Ferradura (Canela); escaladas nos morros Pelado, Queimado e Dedão (Canela); trekking no Parque das Sequoias ou Saiqui (Canela); turismo rural no Vale do Quilombo (Gramado); mountain biking no Passo do Inferno (entre Canela e São Chico de Paula) e muitas outras aventuras.

Montanhas, vales floridos, cachoeiras e neve

A natureza privilegiada da região se deve a geografia variada com montanhas, planícies e capões, em altitudes que variam entre 30 m e 1100 m. A vegetação nativa é composta por remanescentes de Mata Atlântica até a encosta da Serra Geral e, no alto da Serra, pelo Pinheiro brasileiro (Araucária angustifolia) com seus saborosos frutos. A paisagem é enfeitada também por muitas flores o ano todo em árvores pata-de-vaca, ipês amarelos e roxos e corticeiras, e em arbustos e plantas baixas como o crisântemo, amor perfeito, sálvia, azaleia e, é claro, as famosas hortênsias.

Apesar da quantidade, as hortênsias, assim como os plátanos, não são originárias da região. As mudas vieram com os primeiros imigrantes alemães entre 1824 e 1830. As plantas se adaptaram muito bem e proliferaram tanto que viraram símbolo da região.

Gramado e Canela sempre estiveram entre as cidades turísticas mais tradicionais do País. O clima frio, a arquitetura e a receptividade aconchegante das colonizações alemã e italiana foram marcas registradas durante décadas.

Gramado

Além de abrigar o mais importante festival de cinema brasileiro, Gramado destaca-se o ano todo pela sua arquitetura em estilo enxaimel (herança dos colonos alemães), os muitos lagos e parques urbanos ajardinados, o comércio de artigos de lã, os chocolates e os móveis; e, no inverno, pelo surpreendente espetáculo da neve, em alguns anos. Passear de pedalinho no Lago Negro, caminhar pelo Parque Knorr, um bosque de 70 mil metros quadrados no meio da cidade, e conhecer o parque temático Aldeia do Papai Noel e o Mini-Mundo, cidade em miniatura com réplicas de construções de vários países, são programas imperdíveis para os visitantes de Gramado.

A gastronomia e a hotelaria refinadas completam o cenário de glamour e sofisticação da cidade serrana. A culinária deliciosa dos cafés coloniais de tradição alemã, as fondues, de tradição suíça, ou os saborosos galetos italianos fazem os pequenos restaurantes terem fila de espera no inverno. A hospedagem varia de pousadas pequenas e aconchegantes a spas e hotéis modernos e bem-estruturados.

A tradição de pequenas propriedades com suas plantações bem-organizadas pode ser conhecida em programas de Turismo Rural que percorrem as diversas “linha” - variantes da estrada principal nos vales. Elas levam às várias vilas fundadas pelos imigrantes alemães, e também italianos, suíços, austríacos, holandeses, belgas e pomeranos.

Além do turismo rural, outra forma de apreciar as belezas das serra é na prática de esportes de aventura, com destaque para o rafting no Rio Caí.

Canela

A apenas 8 km de Gramado, Canela oferece várias opções de passeios e eventos culturais importantes, como o Festival Internacional de Teatro de Bonecos (em junho ou agosto) e a Chocofest (entre março e abril).

Um dos cartões postais da cidade, que foi colonizada por portugueses, seguidos de alemães e italianos, é a igreja gótica Matriz de Nossa Senhora de Lurdes, construída em pedra com torre de 65 m de altura e carrilhão com 12 sinos. Também perto do centro ainda se visita o Mundo a Vapor, com miniaturas de serraria, granja, olaria e outras antigas unidades de produção: o Museu Anos Dourados, com carros das décadas de 1920 e 1970; o Aspen Park, que tem uma descida de 630 m de trenó sobre trilhos a 40km/h; e, no caminho do Caracol, o Castelinho Caracol, casa de 1913, na qual se conhece como eram feitas as construções enxaimel dos primeiros imigrantes alemães. Lá é servido um delicioso rocambole de maçã – apfelstrudel.

Mas, é no quesito natureza que Canela é imbatível. AS florestas de araucárias e resquícios de Mata Atlântica tornam-se especialmente bonitas e surpreendentes pela presença de inúmeros morros, fendas, vales, cânions, rios, riachos e cachoeiras.

Boa parte das paisagens de Canelas esta protegida em parques que oferecem opções muito variadas de vivências: caminhadas, cavalgadas e passeio de teleférico até a prática de esportes como rafting, escaladas, moutain biking e outros. Estes locais sao famosos no brasil e no exterior, como a Cascata do Caracol (131 m de queda) ou o Cânion da Ferradura (420 m de profundidade).

Três Coroas

O grande destaque da cidade são os esportes de aventura, inclusive com a realização de competições de nível nacional e internacional. Entre as modalidades mais difundidas estão: canoagem, rafting, mountain biking, trekking e rapel, praticados no Parque Ecológico das Laranjeiras. Outra boa visita é ao Centro Budista Khadro Ling, considerado o maior da América Latina. Aos domingos há serviço em português e, em seguida, um debate aberto sobre Budismo.

Conhecida por “Cidade Verde”, Três Coroas é banhada pelo rio Paranhana e cercada por montanhas, muitas ainda com mata nativa preservada. Seus primeiros colonizadores eram de origem alemã, vindos de São Leopoldo. No século 20, chegam colonos italianos, que se fixaram nos atuais bairros de Vale Quilombo e Linha 28. O nome vem de um pinheiro com três troncos e copas (coroas) que existia no vale do Arroio Kampf. Foto: noscaminhosporondeandei.com.br

ESPORTES DE TERRA


TREKKING

Trekking em Canela

Parque Caracol: Estr. do Caracol (RS-466), km 1, tel. (54) 282-3035. Diariamente 8h30 – 17h30.É o mais famoso de Canela. Abriga a magnífica cascata do Caracol, formada pelo arroio de mesmo nome, que despenca de uma altura de 131 m. Uma das propostas é descer (e depois subir, é claro) uma escadaria de 927 degraus até a base da cascata. Há também trilhas auto-guiadas mantidas pelo Projeto Lobo-Guará. O parque oferece boa estrutura, inclusive um elevador panorâmico.

Parque da Cachoeiras: Estr. Canela-Bom Jesus (RS-476), km 10, tels. (54) 504-1446 e 282-2051. Diariamente 8h-28h. O Parque abrange florestas nativas, campos, vales, rios e cachoeiras. Há diversas trilhas e também passeios de caiaques, pedalinhos, toboágua e piscinas naturais.

Parque da Ferradura: RS-466, km 6, tel. (54) 9969-6785. Diariamente 9h-17h30. Ótimas trilhas, que variam de 10 minutos a 3 horas de caminhada, conduzem à Cascata do Arroio Caçador, aos três mirantes que dão vista para o vale e ao cânion com paredes de 420 m de profundidade, possíveis de serem escaladas por vias já abertas.

Parque Floresta Encantada do Caracol: Estr. do Caracol (RS-466), km 2, tel. (54) 504-1405. Diariamente 9h-17h. Ao lado do Parque do Caracol, atrai visitantes para o teleférico de 405 m de extensão, que leva ao mirante com vista para a Cachoeira do Caracol e para o Vale da Lageana, e também para os trekkings pesados e outros esportes radicais.

Parque Laje de Pedra: Av. Presidente Kennedy, S/nº, Cond. Laje de Pedra, tel.: (54) 282-4300. Caminhadas leves por ruas arborizadas e belos jardins. Vale a vista do Vale do Quilombo, uma das mais belas paisagens da região.

Parque do Palácio: Pça. Das Nações, s/nº. Diariamente 7h-19h.Criado especialmente para caminhadas, dispõe de trilhas e pérgolas para descanso entre bosques e lagos. Lá fica o Palácio das Hortênsias, casa de veraneio do Governador.

Parque do Pinheiro Grosso: Estr. do Caracol (RS-466), km 2. Diariamente 8h30-17h30. A grande atração deste parque de 4,5 hectares de mata nativa é uma araucária de aproximadamente 700 anos, com 42 m de altura e 2,75 m de diâmetro. Uma passarela de madeira permite o acesso fácil ao local. Além desta, pode-se fazer a trilha das Bromélias.

Parque do Saiqui: RS-235, km 7. São 25 hectares de bosques para caminhadas leves. Tem infraestrutura para camping.

Parque das Sequoias: R. Godofredo Raymundo, 1747, Pq. Das Sequoias. Tel. (54)282-1373, www.sequoias.com.br. Diariamente 9h as 18h. Situado em uma área de 10 hectares, apresenta uma coleção de coníferas (árvores com frutos em forma de cones) do mundo, da qual se destacam as sequoias e a Ginkgo biloba. Do Parque saem roteiros de trekking, mountain biking e hipoturismo.

OFF ROAD

Na zona rural de Gramado, Canela e Três Coroas, onde passa o nosso principal roteiro off road, temos, sem dúvida, as paisagens do Brasil, pelo clima, tipo de vegetação e pessoas, o viajante às vezes vai achar que está num distantes país da Europa. Longe das principais atrações turísticas, o dia-a-dia dos descendentes de colonos italianos, alemães, poloneses e até portugueses é completamente diferente do agito de Gramado e Canela. Não se espante nem fique chateado se alguém não lhe der resposta a alguma dúvida sobre o caminho, é que muitas pessoas dessa região não falam português. Partindo de Gramado em direção a Canela, logo no início da estrada, olhando para a direita, já avistamos o Vale do Quilombo. Depois de andar uns 3 km, saímos à direita na terra, na direção sul, e vamos serpenteando pelas estradinhas dentro do vale. O piso é bom, com cascalho, mas atenção: além de não ter acostamento, algumas vezes a estrada se afunila em barrancos ou pedras. São quase 20 km de paisagens incríveis e colônias.

Chegando no asfalto, siga para Três Coroas e, na cidade, pegue a estrada de volta, mas para Canela, na direção do Vale do Rio Paranhana. Terminando o asfalto e seguindo mais 3 km você encontrará uma bifurcação. Qualquer das estradas vai para Canela, mas a da direita tem vários acessos ao rio, onde é possível a prática de esportes. Dos acessos ao rio até Canela, são 15 km. Neste mesmo roteiro, existe uma variedade muito interessante, para quem está só curtindo a paisagem ou está em boa companhia. Chegando em Três Coroas, saia pela direita na cidade, em direção a Baixo Padre Eterno, São Miguel do Herval, Walashai, Morro Reuter e Dois Irmãos, que já está na BR-116. Esse caminho percorre parte da “Rota Romântica” que sai de Dois Irmãos e vai até São Francisco de Paula, com apoio em 13 cidades, hospedagem em fazendas, culinária típica e paisagens sem igual.

CAVALGADA E TURISMO RURAL

Ecoturismo em Gramado

As opções de passeios rurais são muitas e há boa sinalização para quem for com veículo próprio (agendar com antecedência). A prefeitura montou quatro roteiros, percorridos com guias - Rota Sul, tel.(54) 295-1300 e Fly Bus Turismo, tel.(54) 286-2476.

Os roteiros 'Raízes Coloniais' percorre as localidades da Linha Bonita e Linha Nova. Vê-se uma das primeiras casas construídas pelos imigrantes há mais de cem anos, um museu caseiro com peças da imigração italiana, um moinho e uma propriedade colonial onde se degusta a típica merenda italiana: vinhos, pães, queijos e salames caseiros - reservas pelos tels. (54) 504-1672 e 9954-2282, no mínimo 5 pessoas.

Mergulho no Vale do Quilombo: Passeio por lindas cascatas e paisagens naturais visitando propriedades rurais de influência italiana.

O Quatrilho: Passeio pelas localidades de Campestre do Tigre e Tapera - reservas pelos tels. (54)9112-0984 e 9984-1312. Para um contato mais direto com o dia-a-dia das colônias pode-se optar por passar o dia ou se hospedar em uma propriedade rural.

O Sítio Família Sperry - Vale do Quilombo, Linha 28, tel.(54)504-1649 - oferece participação na lida campeira e trilha ecológica. A idéia é conhecer o cultivo orgânico nos pomares e o uso de ervas medicinais e passear na floresta nativa, às margens do Rio Arroio do Quilombo, Na Quinta dos Conte - Vale do Quilombo, Linha28, tel.: (54)286-1459 - está a primeira casa em estilo enxaimel de Gramado, construída no final do Século 19. No local produz-se o grape brandy, um vinho feito na cantina da família. É necessário agendar a visita.

Legenda: Tapera e Campestre do Tigure são as localidades onde viveram os protagonistas do romance “O Quatrilho”, que depois virou filme. São vales e riachos até chegar a uma propriedade de família alemã onde se saboreia o Typisches Kaffee, típico café colonial alemão.

Ecoturismo em Canela

Fazenda Serra Azul: RS-426, 820, tel. (54) 282-1824. A enorme fazenda com cerca de 4 milhões de m² mistura as belezas naturais e as manifestações gaúchas como almoço típico com apresentação ao vivo de música nativa e danças folclóricas, demonstrações campeiras e provas funcionais (laço, gineteada e apartação). Pode-se conhecer o processo de ordenha e fabricação de queijos, bem como o Centro de Treinamento e Criação de Cavalos Crioulos. Passeios a cavalo ou de charrete completam o menu de lazer.

Parque das Sequoias: R. Godofredo Raymundo, 1747, tel. (54) 282-1373, www.sequoias.com.br. Diariamente 9h-18h. A bonita coleção de coníferas espalhadas nos 10 hectares de Parque pode ser conhecida também em trilhas a cavalo.

Parque da Ferradura: RS-466, km 6, tel. (54) 9969-6785. Diariamente 9h-17h30. São feitos passeios a cavalo em toda a área do Vale da Lageana, às margens do Arroio Caracol.

Campofora Ecoturismo: Saída para São Francisco de Paula, tel. (54) 9971-4000, www.campofora.com.br. Oferece programas de cavalgadas e trilhas ecológicas por toda a região da serra, cuja duração pode variar de 2 horas a viagens de 2 a 7 dias.

ESCALADA, RAPEL E TIROLESA

Escalada, rapel e tirolesa em Canela

Morros Pelado, Queimado e Dedão: Acesso pela rua Godofredo Raymundo. A subida pelas vias abertas dos morros traz como recompensa uma visão de 180 graus da região, com panoramas espetaculares, em especial do Morro Pelado.

Cânion da Ferradura e Vale da Lageana: RS-466, km 6, tel. (54) 9969-6785. Diariamente 9h-17h30. É um dos principais locais de escalada da região, com paredões de 420 m de altura com vias abertas. Próximo dali explore o Vale da Lageana cercado por vários paredões rochosos, ideais para o montanhismo e o rapel. De quebra, algumas cachoeiras para o cascading. O acesso aos locais é por trilha de nível médio ou passeios a cavalo. Há cursos de iniciação ao montanhismo.

Travessia de tirolesa no Vale da Lageana: Acesso pela RS-466. O salto é de uma altura de 70 m nas imediações da Cascata da Lageana, com um visual fantástico e muita adrenalina.

Legenda: Os diversos parques nos arredores de Canelas são boas opções para pedaladas, destacando-se o Parque das Sequóias e Parque Floresta Encantada, neste último, moutain biking radical no Vale da Lageana.

CICLISMO E MOUNTAIN BIKING

Ciclismo em Canela

Passeio ao Passo do Inferno: Acesso pela Estr. p/ Lageado Grande (RS-486), km 10. A partida é em frente à Fazenda Serra Azul, em estrada de terra. São 10 km pedalando entre capões de mata nativa e os Campos de Cima da Serra até a divisa dos municípios de Canela e São Francisco de Paula. Lá está a ponte de ferro do Passo do Inferno construída na década de 1950 pelos militares. Descanse apreciando o visual da Cascata do Arroio Cará, que forma uma enorme piscina natural antes de desaguar no Rio Caí.

ESPORTES DE ÁGUA

CASCADING

Cascading em CAanela

Ao redor da cidade o que não falta são cachoeiras para praticar o cascading. Os principais points são: algumas cachoeiras do Parque da Cachoeira, indicadas para nível fácil; a Cascatinha dos Mentz e a Cascata do Marmeleiro, no Parque das Sequoias, indicadas para os mais experientes; e as Cascatas do Matacão e do Gato Preto, no Parque floresta Encantada, que também exigem experiência anterior. Veja endereços em Caminhadas e Trekking.

Cascading em Três Coroas

Parque Ecológico das Laranjeiras: Estr. do Barro Preto-Linha do Café, acesso pela RS-115, a 12 km do Centro, tels. (51)501-1218/ 1100. Terça a domingo, das 8h às 18h.

Há várias opções no Vale do Paranhana: descidas de 15 m (ideal para iniciantes) a 60 m.

BÓIA-CROSS, RAFTING E CANOAGEM

Rafting em CANELA

Parque das Corredeiras: Acesso pela estr. do Morro Calçado, 12 km do Centro, tel. (54) 282-1255. As corredeiras deste trecho do Rio Paranhana, também conhecido como Rio Santa Maria, tem classificação II e III. Há duas opções de descidas: 3 km e 7 km, respectivamente 1h15 e 2h30 de duração. Nas noites de lua cheia, há a opção de rafting noturno.

Rafting em GRAMADO

Rafting no Rio Caí: De Gramado a Novo Petrópolis, o Rio Caí é pura emoção. É um rafting de percurso longo e de nível de dificuldade elevado (IV), recomendado apenas para experientes. A saída é da Ponte do Bentevi, na divisa de Gramado com Caxias do Sul. Percorrem-se 6 km até a Cascata da Gotarda, com 5 m de queda, que é ultrapassada contornando pelo leito do rio. Seguem-se mais 15 km remando rio abaixo, ainda com bastante adrenalina até o final. A duração média é de 6h.

Rafting em TRÊS COROAS

Parque Ecológico das Laranjeiras: Estr. do Barro Preto-Linha Café, Acesso pela RS_115, a 12 km do Centro, tels. (51) 501-1218/ 1100. Terça a domingo, das 8h às 18h. A cidade é considerada a Capital Nacional das Corredeiras pelas boas condições de prática de esportes do Parque, mantido pela Prefeitura, que sediou o Campeonato Mundial de Canoagem de 2002. O percurso é de aproximadamente 4 km, em 2h, com corredeiras de classes III a IV+. Logo nos primeiros 30 m aparece uma pequena corredeira; em seguida, vem as atividades dentro d’água: o salto da pedra, o escorrega natural (floating) e mais um surfe de peito radical. Há também opção de rafting noturno.

ESPORTES DE AR

BUNGEE JUMPING E PÊNDULO

Bungee Jumping em CANELA

Pêndulo na Ponte do Passo do Inferno: Acesso pela estr. p/ Lageado Grande, km 10. Construída na década de 1950 por militares, a ponte de ferro oferece salto de 12 m de altura com balanço em movimento de pêndulo. Depois curta o visual da Cascata do Arroio Cará e sua piscina natural.

VÔO-LIVRE, ASA DELTA E PARAGLIDING

VÔO-LIVRE, ASA DELTA E PARAGLIDING em CANELA

Morro do Pelado e Ninho das Águias: O local mais tradicional de vôo-livre da região é o Ninho das Águias (720 m de altitude), em Nova Petrópolis - acesso pela BR116, km 181, para Caxias do Sul, tel.(54)228-9877. Lá tem rampas de em várias direções, o que garante vôos (inclusive duplos) a qualquer hora do dia e época do ano. No Morro Pelado, em Canela (acesso pela rua Inácio de Moraes), há uma rampa (ainda não totalmente instalada) com ventos sul e leste, que possibilitam o vôo cross-country (longa duração e percurso) pelos campos de cima da serra até os Aparados da Serra em cerca de 4h30 - informações na Pousada das Araucárias, tel.(54)3031-0022.

Vôos panorâmicos motorizados: Vários roteiros de vôos (mínimo 15 minutos) por toda a região da Serra, em aviões de asa alta (modelo Super Skylanes) para melhor visualização da paisagem.

Quem leva:

Trekking:guias próprios localizados nos parques ou Atitude Ecologia

Treeking: guias próprios localizados nos parques ou Atitude Ecologia.

Cavalgada e Turismo rural: guias nos locais ou Atitude Ecologia.

Ciclismo e Mountain biking: ATAC, Atitude Ecologia, Forma e Meio Turismo.

Escalada, rapel e tirolesa: Atitude Ecologia

Cascading: (Canela) Forma e Meio Turismo; (Três Coroas) Central Sul Raft, Raft Adventure

Bóia-cross, rafting e canoagem: (Canela) Atitude Ecologia, Forma e Meio Turismo, JM Rafting

Informações:

Central de informações de GRAMADO

Central de Informações Turísticas
Av. Borges de Medeiros, 1674, tel. (54)286-1475,
www.gramadosite.com.br

Central de informações de CANELA

Central de Informações Turísticas
Pça João Correa, s/nº, tel. (54)282-2200/1287,
www.canela.tur.br

Central de informações de TRÊS COROAS

Prefeitura Municipal
Av. João Correa, 380, tel.(51)546-1100
www.trescoroas.rs.cnm.org.br

DICAS DE HOSPEDAGEM

Hospedagens em Gramado

As opções de hospedagem são muitas e boas na região. Duas sugestões diferenciadas: um hotel grande e confortável e uma pousada aconchegante.

Hotel Serrano: Av. das Hortênsias, 1.480, Centro, tels. (54)286-1332 e 0800-704-1332, www.hotelserrano.com.br.
Em estilo bávaro, é um hotel bem-estruturado com variadas opções de serviços e de lazer. Todos os apartamentos são espaçosos e confortáveis, mas se quiser mais charme, prefira o tipo sótão superior: com teto inclinado, acompanhando o telhado em estilo europeu, possui área de 36m², tem espaçosa cama king-size e os banheiros são equipados com banheira de hidromassagem.

Pousada Raposa Vermelha: Rua Idalina, 145, bairro Tirol, tel. (54) 286-7121, www.pousadaraposavermelha.com.br
Pequena, isolada no alto de um morro, tem requintes como cd-player, travesseiros de pena de ganso, chá, café, frutas, biscoitos e chocolates de cortesia nos cinco apartamentos. Atendimento personalizado feito pela proprietária, e, para completar a agradável estada, tem o Bistrot Alecrim anexo.

Hospedagens em Canela

Pousada das Sequoias: Rua Godofredo Raymundo, 1.747, Pq. Das Sequoias, tel. (54) 282-1373, www.sequoias.com.br.
Dentro do Parque, mas a apenas 2 km do Centro, carcada pelas árvores gigantes, em contato direto com a natureza. As cabanas são simples, mas acolhedoras, com calefação e TV. Há várias possibilidades de trilhas e agenciamento para esportes fora do Parque.

Hospedagens em Três Coroas

Posada das Águas: Acesso pela RS-115, 12 km do Centro, no Parque Ecológico das Laranjeiras, tels. (51)501-1218/ 1100.
As instalações são simples e organizadas. E nada como ficar dentro da diversão e da natureza. O Parque dispõe da pousada e uma área de camping, abertas ao público fora das ocasiões de campeonatos.

DICAS DE RESTAURANTE

Restaurantes em Gramado

A cidade é um deleite para o estômago com fondues, cafés coloniais e outras especialidades, que causam indecisão a cada saída para as refeições. Sugestão para um dia no campo:

Typisches Kaffe: 0 agendamento pelos tels. (54) 9112-0984 e 9984-1312. Em Campestre do Tigre, onde viveram os protagonistas do romance “O Quatrilho” de José Clemente Pozenato, que deu origem ao consagrado filme homônimo, pode-se apreciar Typisches Kaffee. Tudo rodeados pela paisagem de vales e riachos.

Restaurantes em Canela

R. Helmut Schmidt, 109, V. Suíça, tel.(54) 282-1211. A culinária italiana é marcante em Canela e este é um dos bons exemplos. Instalada em um casarão com agradável lareira, a casa serve massas, preparadas de forma artesanal. Há diversas opções de molhos, alguns lights.

DICAS DE COMPRAS

O que comprar em GRAMADO

Artega Arte Gaúcha – R. Augusto Zatti, lj.4, Centro, tel. (54) 286-4679, www.artega.com.br. Um armazém com produtos típicos gaúchos como erva e apetrechos para chimarrão, artigos de selaria, móveis rústicos, pelegos (tapetes) e até literatura e cd´s relacionados às tradições gaúchas.

O que comprar em CANELA

Casa dos Bonecos – Av. Osvaldo Aranha, 266, tels. (54) 278-3005 e 282-3635. A casinha de madeira onde funciona a loja é muito bonita, e lá são vendidos variados tipos de bonecos de pano com tamanhos que chegam a 1m70.

OPRINCIPAIS ATRATIVOS

Pontos turísticos em Gramado

Lago Negro – R. Casa da Juventude com R. 25 de Julho, s/nº, Planalto

Parque Knorr e Aldeia do Papai Noel – R. Bela Vista, 353, tel. (54)286.7332. Seg-sex., das 13h30 as 20h30; sá. E dom., das 10h30 às 20h30

Mini-Mundo – R. Horácio Cardoso, 291, Planalto, tel. (54) 286-4055. Diariamente das 13h às 17h.

Pontos turísticos de Canela

Matriz de Nossa Senhora de Lurdes – Pça. Da Matriz, s/nº.

Mundo a Vapor – Av. D. Luiz Guanella, 1.177, tel. (54) 282-3398

Alpen Park – Rod. Arnaldo Oppitz, 901, a 3 km do Centro, tel. (54) 282-9752

Castelinho Caracol – Estra. Do Caracol, km 3, tel. (54) 278-3208

Pontos turísticos de TRÊS COROAS

Centro Budista Khadro Ling – Estr. Águas Brancas, 121, tels. (51) 546-8200/ 8201

AGÊNCIAS DE TURISMO RECEPTIVO E ASSOCIAÇÕES DE GUIAS LOCAIS

Agências de turismo em GRAMADO

Campofora Ecoturismo: Saída para São Francisco de Paula, tel. (54) 9971-4000, www.campofora.com.br.

Fly Bus Turismo: Rua Nilo Dias, 6, sala 01, tel. (54) 286-2476.

Rota Sul: Av. Borges de Medeiros, 2.889, sala 206, Centro Comercial Acácia Negra, tel (54) 295-1300, www.rotasul.com.br

Agências de turismo em CANELA

ATAC – Associação Taquarense dos Amigos Ciclistas: R. Adelino Eduardo Barth, 3.236, Taquara, RS, tels. (51) 541-5264 e 9919-5998.

Atitude Ecologia e Turismo – Av. Osvaldo Aranha, 391, Centro, tel.(54)282-6305 - www.atitude.tur.br

Forma e Meio Turismo e Marketing: – Rua Godofredo Raymundo, 1747, tel. (54) 282-1660 - www.sequoias.com.br

Revoar Táxi Aéreo: – Rua José Luis Correia Pinto. 1030, Aeroporto de Canela, tel.(54)285-4356 e 9988-9475. www.revoar.com.br

Agências de turismo em TRÊS COROAS

Brasil Raft: Rua Pastor Ross, 725, bairro Água Branca, tels. (51) 546-1066 e (54) 286-5444, www.brasilraft.com.br.

Central Sul Raft: Rus Tristão Monteiro, 471, tel. (51) 546-5731, www.centralsulraft.com.br.

Eco Aventuras: Rua Carlos Robson, 704, Centro, tel. (51) 546-1072

JM Rafting e Expedições: Av. Oswaldo Aranha, 1.038, tel. (54) 282-1255, www.jmrafting.com.br

Mad River: Rua Travessão Gablontz, 1.160, bairro São Ciro, Caxias do Sul, tel. (54) 229-3611, www.madriver.com.br.

Raft Adventure: Estr. do Barro Preto-Café, acesso pela RS-115, Parque Ecológico das Laranjeiras, tel. (51) 3346-4382, www.raft.com.br

TREKKING

Trekking em Canela

Parque Caracol: Estr. do Caracol (RS-466), km 1, tel. (54) 282-3035. Diariamente 8h30 – 17h30.É o mais famoso de Canela. Abriga a magnífica cascata do Caracol, formada pelo arroio de mesmo nome, que despenca de uma altura de 131 m. Uma das propostas é descer (e depois subir, é claro) uma escadaria de 927 degraus até a base da cascata. Há também trilhas auto-guiadas mantidas pelo Projeto Lobo-Guará. O parque oferece boa estrutura, inclusive um elevador panorâmico.

Parque da Cachoeiras: Estr. Canela-Bom Jesus (RS-476), km 10, tels. (54) 504-1446 e 282-2051. Diariamente 8h-28h. O Parque abrange florestas nativas, campos, vales, rios e cachoeiras. Há diversas trilhas e também passeios de caiaques, pedalinhos, toboágua e piscinas naturais.

Parque da Ferradura: RS-466, km 6, tel. (54) 9969-6785. Diariamente 9h-17h30. Ótimas trilhas, que variam de 10 minutos a 3 horas de caminhada, conduzem à Cascata do Arroio Caçador, aos três mirantes que dão vista para o vale e ao cânion com paredes de 420 m de profundidade, possíveis de serem escaladas por vias já abertas.

Parque Floresta Encantada do Caracol: Estr. do Caracol (RS-466), km 2, tel. (54) 504-1405. Diariamente 9h-17h. Ao lado do Parque do Caracol, atrai visitantes para o teleférico de 405 m de extensão, que leva ao mirante com vista para a Cachoeira do Caracol e para o Vale da Lageana, e também para os trekkings pesados e outros esportes radicais.

Parque Laje de Pedra: Av. Presidente Kennedy, S/nº, Cond. Laje de Pedra, tel.: (54) 282-4300. Caminhadas leves por ruas arborizadas e belos jardins. Vale a vista do Vale do Quilombo, uma das mais belas paisagens da região.

Parque do Palácio: Pça. Das Nações, s/nº. Diariamente 7h-19h.Criado especialmente para caminhadas, dispõe de trilhas e pérgolas para descanso entre bosques e lagos. Lá fica o Palácio das Hortênsias, casa de veraneio do Governador.

Parque do Pinheiro Grosso: Estr. do Caracol (RS-466), km 2. Diariamente 8h30-17h30. A grande atração deste parque de 4,5 hectares de mata nativa é uma araucária de aproximadamente 700 anos, com 42 m de altura e 2,75 m de diâmetro. Uma passarela de madeira permite o acesso fácil ao local. Além desta, pode-se fazer a trilha das Bromélias.

Parque do Saiqui: RS-235, km 7. São 25 hectares de bosques para caminhadas leves. Tem infraestrutura para camping.

Parque das Sequoias: R. Godofredo Raymundo, 1747, Pq. Das Sequoias. Tel. (54)282-1373, www.sequoias.com.br. Diariamente 9h as 18h. Situado em uma área de 10 hectares, apresenta uma coleção de coníferas (árvores com frutos em forma de cones) do mundo, da qual se destacam as sequoias e a Ginkgo biloba. Do Parque saem roteiros de trekking, mountain biking e hipoturismo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *